quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Sugestões #37:: A Janela de Deus


Foi numa praia da Costa da Caparica, já com a temperatura e ao sossego característico de Setembro que eu e a minha amiga Sandra Figueiredo decidimos falar do melhor deste semestre....a sua obra, a JANELA DE DEUS!


A JANELA DE DEUS é uma obra constituída por 36 crónicas, não sendo um registo auto biográfico! A Sandra afirma que são apenas olhares de costumes das muitas viagens que fez pelo mundo, em que na maioria dos textos a personagem é feminina e daí poder ser confundida com ela. Estas não tem nome, nem cores, roupas ou qualquer outra característica. O objectivo das crónicas é abrir a mente, revelar sentimentos, agitar morais e escandalizar paradoxos e sem duvida que consegue fazer isso e muito bem!!




INSPIRE SE: Desde quando é que começou o gosto pela escrita?

SANDRA FIGUEIREDO: Desde que aprendi a escrever! Ao juntar letras e transforma-las em palavras conheci os seus significados e ao conhecer pessoas e viver pude falar delas! Acho que a partir daí nunca mais parei.



INSPIRE SE: Até chegar a este livro provavelmente escreveste muita coisa, quais foram os teus rascunhos?

SANDRA FIGUEIREDO: Comecei por inventar historias do Plum e da sua companheira Plumete, depois escrevi centenas poesias, literatura clássica! Fui apurando com o conhecimento de bons autores, correntes, até me tornar numa espécie de engenheira de escrita.



INSPIRE SE: E porque crónicas?

SANDRA FIGUEIREDO: São pequenos romances, tendo como inspiração a vida das minhas pessoas e das outras pessoas! É um estilo mais urbano para o público do que romances, contos ou novelas!



INSPIRE SE: Quanto tempo demoraste a escrever este livro?

SANDRA FIGUEIREDO: Sensivelmente três anos, sendo que foi interrompido varias vezes por questões profissionais, onde só escrevia ciência! Mas também, só consigo escrever quando estou inspirada o que acabou por atrasar!



INSPIRE SE: O que gostarias que o teu livro provocasse a quem se perder a lê-lo?


SANDRA FIGUEIREDO: Provocar arrepios, mudança de perspectiva, lágrimas porque os leitores vão se identificar com finais felizes, crenças! Mas acima de tudo, quero que as pessoas SINTAM e que vivam todas as histórias escritas.



INSPIRE SE: Já escreveste um livro, agora só falta plantar uma árvore e ter um filho?

SANDRA FIGUEIREDO: Já plantei várias árvores e imensas coisas, sou uma menina do campo! Não tive uma adolescia como a maioria das pessoas! E sim, já tenho o meu relógio biológico a bater os ponteiros, no entanto falta a pessoa certa, que infelizmente ainda não chegou.



INSPIRE SE: É modelo, escritora, professora, cientista e ainda é actriz nos tempos livres! Assim como faz uma passagem lindíssima (na minha opinião) no teu livro de Fernando Pessoa, tal como ele têm vários heterónimos?

SANDRA FIGUEIREDO: Não tenho heterónimos, mas sim diferentes formas profissionais e de ser autentica! Acredito que quando casar e tiver filhos algumas das partes seja ponderada e acabe por a deixar de parte!





INSPIRE SE:  E tu és mulher, amor ou ciência?

SANDRA FIGUEIREDO: Não consigo escolher nenhum, sem dúvida que sou os três! 




INSPIRE SE: Qual o teu livro preferido?

SANDRA FIGUEIREDO: O "Presságio" Fernando Pessoa e a Bíblia! O ultimo não tem haver com crenças mas com o registo erudito, parábolas e as historias.



INSPIRE SE: Quem gostarias que lesse o teu livro?

SANDRA FIGUEIREDO: António Lobo Antunes, mas gostava que o livro chegasse a todo o publico desde jovens a adultos, homens e mulheres!



INSPIRE SE: Onde é que se pode adquirir os teus livros?

SANDRA FIGUEIREDO: Nos comuns livreiros  mas principalmente FNAC e Bertrand.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...